Utilizamos cookies próprios e de terceiros para coletar informação estatística do uso de nosso site e lhe mostrar publicidade relacionada com suas preferências mediante a análise de seus hábitos de navegação. Se continuar navegando, consideramos que aceita o uso dos cookies. Você pode mudar a configuração ou obter mais informações aqui.
Fechar
PlanetadeLivros
Capa Mole com Badanas
Outro formato
Formato único
Ver opções de compra

Pablo Escobar - O Meu Pai

Editorial: Planeta
Coleção: PLANETA PORTUGAL
Número de páginas: 416

Sinopse de Pablo Escobar - O Meu Pai:

Radiografia íntima do narcotraficante mais famoso de todos os tempos.

O chefe do cartel de Medellín permanece no imaginário popular como o narcotraficante por excelência, o homem que controlava grande parte da cocaína que se consumia nos EUA nos anos de 1980, pondo em cheque o seu país.
Vinte e um anos após a sua morte, Juan Pablo Escobar viaja a um passado que não escolheu para contar a versão inédita do pai, o homem capaz de chegar aos piores extremos de crueldade, ao mesmo tempo que professava um amor infinito à família.
Este não é um livro em que um filho procura o perdão para o pai, mas um testemunho ímpar da face oculta de um dos criminosos mais poderosos e sanguinários do século XX.
Mostra um Pablo Escobar familiar, um pai muito terno e carinhoso mas, simultaneamente, um homem com sede de riqueza (no seu auge, Pablo Escobar era o sétimo homem mais rico do planeta, e seu cartel controlava 80% do tráfico de cocaína no mundo), que viveu rodeado de mercenários e em festas com pinhatas cheias de dinheiro.
A época dos excessos acabou quando o autor tinha 7 anos. O seu pai ordenou a morte do ministro de Justiça da Colômbia, Rodrigo Lara Bonilla, e, nesse momento, iniciou-se a guerra entre o Estado e narcotraficante. Escobar declarou esta guerra para impedir que uma lei que permitia a extradição de traficantes para os Estados Unidos fosse aprovada.
No livro, Juan Pablo Escobar defende uma das teorias mais controversas sobre a morte do seu pai. Afirma que não morreu às mãos da Polícia, mas sim que se suicidou com um disparo, ao ver-se encurralado.

O livro inclui numerosas fotografias do arquivo pessoal de Pablo Escobar.

Capa Mole com Badanas
Outro formato
Formato único
Ver opções de compra

O autor Pablo Escobar - O Meu Pai

© Ricardo Pinzón

Juan Pablo Escobar. Agora Juan Sebastián Marroquín Santos.
É arquitecto e desenhador industrial. Filho do narcotraficante mais conhecido da História, protagonizou o documentário Pecados de Mi Padre, galardoado sete vezes, projectado pela ONU na celebração do Dia Internacional da Paz. Como pacifista, procurou o diálogo, a reconciliação e o perdão dos filhos das vítimas da violência narcoterrorista exercida pelo pai nos anos de 1980 e 1990.
Vive a...

Ler mais

Ficha técnica

Data de publicação: | ISBN: 978-989-657-629-5 | Código: 10124475 | Formato: 15,5 x 23,5 cm. | Apresentação: Capa Mole com Badanas | Coleção: PLANETA PORTUGAL | Sentido de leitura: Occidental

Todas as opiniões de Pablo Escobar - O Meu Pai

Deixar um comentário
  • Sua avaliação
Para que a avaliação fique visível, precisamos que aceda à sua conta Aceder